Olhando para esse céu, nesse instante, percebi que não existem palavras para descrever o quanto sou abençoada. Mas mesmo assim resolvi escrever para vocês, hahaha!

Até pouco tempo atrás estava lutando contra uma depressão sazonal. Sim, terapeutas também sofrem dessas coisas!

O inverno aqui no Canadá é muito duro, mas… essas são as liçõezinhas que aprendemos para passar pra frente!

E quando estamos com a vibração energética não tão boa assim, é como se o Universo usasse a oportunidade para passar a limpo as ervas daninhas que não nos são mais úteis.

Dentre elas, uma coisa que venho estudando com muito afinco é como o apego nos impede de ser feliz.

Definitivamente dois corpos não ocupam o mesmo espaço ao mesmo tempo, nesse caso!

Quando eu falo de apego, não falo somente de apego a pessoas, mas falo de objetos, bens, situações, emoções, sentimentos, etc.

Quantas vezes não temos aquela sensação: “nunca mais serei tão feliz como naquele tempo…“

Pois bem, preciso te avisar que esse pensamento é o caminho para o abismo.

Mas a boa notícia é que você pode dar meia volta quando quiser!

Infelizmente eu não posso te obrigar a dar a volta comigo, mas posso te oferecer minha mão para compreender que o mundo está agora, NESSE instante, te oferecendo uma possibilidade linda de sentir algo muito maior do que você sentiu nesse passado tão presente. Mas você só pode subir o próximo degrau se colocar os dois pés nele…

Não precisa vir de uma vez, dê o primeiro passo aqui junto comigo, e depois você decide com calma se faz algum sentido!

Vem ver esse vídeo-aula maravilhoso da minha irmã de alma Gisela Vallin

E esse que eu preparei também com muito amor

Se fizer sentido pra você, e se você quiser compartilhar seus insights comigo, me escreve no contato@hojeeumesinto.com

Te espero com todo meu amor!

Um beijo!

Adriana

Adriana Souza é Coach de Corpo e Alma e Especialista em Florais de Bach.